PPLE – AP consolida nossa construção partidária no Norte do Brasil

Ogan Passarinho, Nina de Iemanjá, Claudio de Oxalá e Nonato Santana de Oxum constroem PPLE - AP

Determinação: Ogan Passarinho, Nina de Iemanjá, Claudio de Oxalá e Nonato Santana de Oxum constroem PPLE – AP

O Núcleo de Mobilização do PPLE de Macapá realizou na segunda feira, dia 14 de março, a quarta reunião preparatória para a construção da Coordenação Estadual de Mobilização do PPLE – AP.

O grupo, liderado pelo Ogãn Passarinho de Oxalá, Mãe Nina de Iemanjá, Pai Claudio de Oxalá e Nonato Santana de Oxum, discute estratégias de mobilização para o estado participar da Campanha Nacional de Legalização e colocar o Amapá no mapa político do PPLE.

Mãe Nina de Iemanjá, coordenadora do grupo, define este trabalho como fundamental para a preservação das tradições de matrizes africanas no Amapá. “Estamos participando da construção do primeiro partido Afro Brasileiro, onde cada um de nós está escrevendo seu nome na história do Brasil, com propriedade, pertencimento e conhecimento de causa”, explica.

A estratégia inicial do grupo é visitar lideranças e buscar apoio de protagonistas das tradições afro em Macapá, capital do estado. Segundo Ogãn Passarinho, nas primeiras reuniões, o grupo tomou ciência do manifesto e estatuto do PPLE. “Percebemos imediatamente que o PPLE é democrático, é religião, é negro, é raiz, é força e resistência na luta pela igualdade racial e contra a intolerância religiosa”. Ele informa que, depois desta quarta reunião, o grupo concatenou a ideia de formação de um GT, que concentrará esforços na inscrição de novos mobilizadores, para decolar de forma decisiva a Campanha Nacional de Legalização na capital e municípios do estado.

A Comissão de Mobilização do Amapá tem intenção de alcançar a meta de coletar e homologar 1.930 fichas de apoio de eleitores em todo o Estado ainda este ano, e contribuir, de forma decisiva para a Campanha Nacional de Legalização do PPLE na Região Norte do Brasil.

 

Antonio Obafemi Garrido
+55 21 98343-3099
comunicacao@pple.com.br