Atualizações de Março, 2016 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Antonio obafemi 3:11 am em March 21, 2016 Link permanente | Resposta  

    PPLE adquiri personalidade jurídica e inicia campanha nacional de apoio para registro no TSE 

    Rio de Janeiro, 03 de junho de 2013 – O PPLE – Partido Popular de Liberdade de Expressão ganhou, nesta segunda-feira, sinal verde para realizar sua Campanha Nacional de Apoio ao receber aprovação, no 1º Cartório de Registro de Pessoa Jurídica de Brasília, do requerimento de registro de partido político em formação. Com a aquisição de personalidade jurídica o PPLE enfrenta agora o desafio de coletar 500 mil assinaturas de eleitores que apoiam a sua criação em pelo menos nove estados brasileiros para obter seu registro definitivo como partido político do TSE.

    O PPLE emerge dos movimentos sociais inspirado nas aclamações contemporâneas contra as desigualdades sociais, a intolerância religiosa e a discriminação racial. busca, na preservação das tradições culturais afro-brasileiras, seu principal pilar para protagonizar uma nova alternativa política em defesa de segmentos socialmente excluídos e, em especial, dos negros, quilombolas e praticantes de religião de matriz africana, para contribuir na construção de uma sociedade mais justa, igualitária e pluralista.

    Para cumprir as determinações legais de registro no TSE o partido pretende articular uma rede de mobilização nos estados, com o apoio dos representantes das tradições de matrizes africanas, que historicamente resistem na estrutura da sociedade brasileira minando a cultura hegemônica de diversas formas: seja pela via da religião, da cultura popular, das expressões artísticas, da ciência e tecnologia e do enfrentamento político.

    O partido vem trabalhando com estes interlocutores, já constituiu núcleos de mobilização em 20 estados e pretende, até final de junho, ter representação em todo território nacional. O desafio agora é conseguir coletar 500 mil assinaturas de eleitores que apoiam a criação do PPLE, distribuídos em pelo menos nove estados brasileiros, como determina a Lei nº 9.096/1995, para obter seu registro definitivo.

    A Internet vem cumprindo um papel importante de integração regional no desafio de atingir esse objetivo. Pelo site http://www.pple.com.br os internautas podem fazer cadastro para coleta de assinaturas, baixar fichas de apoio e interagir nas mídias sociais. O objetivo do partido é incentivar os simpatizantes a manifestar apoio e conseguir a adesão de outras pessoas, além de estimular mutirões em espaços públicos e projetar a imagem do PPLE em âmbito nacional.

     

    Antonio Obafemi Garrido
    +55 21 98343-3099
    comunicacao@pple.com.br

     
  • Antonio obafemi 3:07 am em March 21, 2016 Link permanente | Resposta  

    PPLE é registrado em cartório na segunda-feira, dia 27 de maio 

    Rio de Janeiro, 28 de maio de 2013 – A Comissão Executiva Nacional Provisória do PPLE registrou nesta segunda-feira, dia 27 de maio, o estatuto e o programa partidário do PPLE, no 1º Cartório de Registro de Pessoa Jurídica de Brasília. Com o registro, o PPLE oficializa a intenção de criar um partido político.

    O registro de pessoa jurídica possibilita o PPLE a obter um CNPJ, que consiste no primeiro passo para registro no Tribunal Superior Eleitoral – TSE, como partido político. No cartório foram apresentados o estatuto (http://www.pple.com.br/estatuto.html) e o programa do partido (http://www.pple.com.br/manifesto-politico.html) publicados no Diário Oficial da União do dia 03/05/2013, o nome dos integrantes da Comissão Executiva Nacional Provisória e o endereço do Diretório Nacional Provisório.

    O PPLE tem agora pela frente o desafio de coletar 500 mil assinaturas de apoio de eleitores brasileiros à criação do partido, distribuídos em pelo menos nove Estados brasileiros, como determina o § 1º, do art. 7º, da Lei nº 9.096/1995, da Constituição Brasileira, para obter seu registro definitivo de partido político no TSE.

    O registro foi feito às 10h no cartório, localizado no Ed. Venâncio 2000 (SCS, Quadra 08, Bloco B-60, sala 140-E, 1º andar)  pelo Sr. Osmaldo de Souza Ferreira, Primeiro Secretário da Comissão Executiva Nacional Provisória do PPLE.

    Antonio Obafemi Garrido
    +55 21 98343-3099
    comunicacao@pple.com.br

     
  • Antonio obafemi 2:57 am em March 21, 2016 Link permanente | Resposta  

    Movimento recria PPLE para colocar a política a serviço do bem comum 

    Rio de Janeiro, 10 fevereiro de 2013 – Estudantes, trabalhadores, empresários, acadêmicos e representantes de movimentos sociais decidiram recriar, durante homenagem ao 119º aniversário de Mãe Menininha do Gantois, o PPLE – Partido Popular de Liberdade de Expressão, um novo instrumento de mobilização para transformar a cultura política do povo e inferir nas formas de realização do fazer político brasileiro.

    O PPLE será uma nova alternativa política de protagonizar a luta pela igualdade racial e as demandas dos segmentos socialmente excluídos, como índios e ciganos, e em especial, os negros, quilombolas e praticantes de religião de matriz africana no Brasil.

    O encontro aprovou o novo Estatuto do PPLE, que tem entre seus pilares o resgate e preservação das tradições culturais afro-brasileiras, a laicidade do Estado e a livre manifestação do pensamento na construção de uma sociedade justa, igualitária e pluralista.

    A idéia de criação de um partido que atendesse as demandas dos descendentes das tradições afro brasileiras surgiu em 2000 e culminou no ato público de fundação do PPLE, em 20 de novembro do mesmo ano, no Monumento Zumbi dos Palmares do Rio de Janeiro. Sintonizado com as demandas emergentes dos movimentos sociais, o PPLE quer garantir, logo em 2014, a participação direta nas decisões e políticas públicas que visem reduzir as desigualdades entre grupos étnicos, para ampliar o alcance das políticas de ações afirmativas do governo.

    Para o Presidente da Comissão Executiva provisória e idealizador do PPLE, Marcelo Monteiro, o partido trabalha na consolidação de uma nova referência política para construir uma sociedade compromissada com a igualdade racial e empenhada em ampliar os espaços de participação política, organização da cidadania e os princípios éticos no exercício da vida pública.

    Para cumprir as determinações legais de registro no TSE, o PPLE promoverá uma campanha para obter 500 mil assinaturas de eleitores em todo o Brasil. A Internet terá um papel importante no desafio de atingir esse objetivo. Pelo site http://www.pple.com.br, os internautas podem baixar fichas de apoio, cadastro para coleta de assinaturas e interagir nas mídias sociais. O objetivo é incentivar os simpatizantes a manifestar apoio e conseguir a adesão de outras pessoas, além de estimular mutirões em espaços públicos.

    Antonio Obafemi Garrido
    +55 21 98343-3099
    comunicacao@pple.com.br

     
c
compose new post
j
next post/next comment
k
previous post/previous comment
r
reply
e
edit
o
show/hide comments
t
go to top
l
go to login
h
show/hide help
shift + esc
cancel